Síndrome do Intestino Irritado

Imagem: pexels.com

Injustiça. Mas antes dela precede o julgamento. Tendemos a julgar o outro, ainda que de forma inconsciente, baseado em nossas próprias percepções, na visão que temos de mundo e na interpretação que tem dele.

Quando você se sente injustiçado pode pensar: “isso só acontece comigo“ ou “não nasci para ser feliz“.
Nossos pais por nos amarmos e para nos protegermos nos alertaram contra as injustiças da vida.
Mas crescemos e amadurecemos e hoje somos adultos e não mais aquelas crianças indefesas que precisam de proteção.
Infelizmente, esta é a associação que nosso cérebro faz, tornando um potente gatilho nas alterações do tratogastrointestinal.

Vale ressaltar que é sempre um trauma o evento causador do sintoma, reproduzindo o sofrimento, dores emocionais que podemos carregar por toda vida.

Quando somos expostos a algum tipo de situação, o cérebro libera hormônios que alteram o estado emocional e podem até ocorrer algumas reações físicas, como choro ou a diarreia, por exemplo.
O sentimento de injustiça causa tensão e gera raiva e o corpo precisa então descarregar essa tensão acumulada e a forma sintomática que isso pode vir a acontecer é através das alterações intestinais, como a SII.

Como Nutri digo que é preciso modificar a dieta, tratar a inflamação intestinal, mas se não for trabalhada a parte emocional, os episódios de crise da SII continuarão ocorrendo. Portanto, para tratar a SII é importante tratar também as dores emocionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?